ENTREVISTA: Sam Claflin para a Entertainment Weekly

Sam Claflin, o britânico de 29 anos mais conhecido como Finnick Odair em Jogos Vorazes, vai quebrar seu coração nesse verão (americano). Interpretando Will Traynor na tão esperada adaptação do livro best seller Como Eu Era Antes de Você, o ator faz um homem bonito e carismático, mal humorado e revoltado, que costumava ter tudo mas devido a uma lesão na medula espinhal está agora limitado a uma cadeira de rodas.

Mergulhar nisso de cabeça e corpo não foi fácil.

“Eu estava tentando explorar uma personagem que eu não tenho absolutamente nenhuma similaridade.Como vocês podem imaginar, limitar os meus gestos a movimentos nos olhos e na boca foi muito difícil. Eu sou uma pessoa aberta e extravagante.” – diz Claflin.

Para ser uma cópia fiel de um tetraplégico, Claflin mantinha seu corpo em uma posição bem específica, algumas vezes amarrando suas mãos atrás das costas para ficar familiar com o movimento limitado. Ele ficou durante meses com dores no pescoço, ombros, na parte inferior das costas e dedos. Ele também perdeu aproximadamente 18 kg durante a produção para representar a atrofia muscular de Traynor.

Apesar desses obstáculos, Claflin, que sonhava em ser jogador de futebol profissional antes de uma lesão no tornozelo torná-lo inabilitado, nunca perdeu a qualidade de ser desejável, o que faz sua cuidadora, Louisa Clark (Emilia Clarke) se apaixonar por ele.

“Eu tentei ser o mais espirituoso possível.  Se isso vem à tona, acho que só prova que Emilia é tão boa que ela pode atuar no amor. Estava realmente fora do meu alcance.”, diz Claflin.

O que estava ao alcance dele era compreender Traynor, um homem que está lidando com o fato de acabar ou não com a sua vida. A diretora Thea Sharrock disse que a empatia natural de Claflin que a fez selecionar ele.

“Sam é diferente de muitos atores da sua geração. Ele tem uma humildade que é muito pura e real. A primeira vez que o conheci, senti de cara que era alguém que estava tentando me dizer de verdade o que pensou de Will, a personagem, não apenas tentando mostrar que ele podia ir bem. Isso foi um bônus.”, diz ela.

Fonte // Tradução: Carol – Equipe Sam Claflin Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *